Vírus do papiloma humano (HPV)

Sub-pages

O que é o HPV?

A infeção pelo vírus do papiloma humano (HPV) é uma infeção viral que é sobretudo transmitida sexualmente por contacto direto... É a infeção sexualmente transmissível mais comum em todo o mundo.

Existem mais de 100 tipos de HPV. Cerca de 40 desses vírus podem afetar os órgãos genitais. Pelo menos 14 tipos de HPV, classificados como «de alto risco», podem causar o cancro, nomeadamente o cancro cervical nas mulheres. O cancro cervical (cancro do colo do útero) é, depois do cancro da mama, o cancro mais comum nas mulheres entre os 15 e os 44 anos na Europa (1). Os tipos de HPV «de alto risco» podem causar o cancro anal e genital, bem como certos cancros da cabeça e do pescoço, em homens e mulheres. Os tipos de HPV «de baixo risco» podem causar verrugas genitais e anais.

symptoms smaller illustration

Quais são os sintomas do HPV?

Na maioria dos casos, a infeção pelo HPV desaparece de forma espontânea sem causar sintomas os problemas visíveis. No entanto, a infeção pelo HPV pode persistir e, após alguns anos, pode causar algumas das complicações a seguir enumeradas.

Quais são as complicações do HPV?

Se o HPV não desaparecer, pode causar:

  • cancro cervical ou outros tipos de cancro (p. ex., cancro vulvar, vaginal, anal, peniano e certos cancros da cabeça e do pescoço)
  • verrugas genitais e anais
couple illustration

Como se propaga o HPV?

O HPV é transmitido pelo contacto direto, sobretudo sexual, com alguém que é portador do vírus.

Quem está em risco de contrair o HPV?

Qualquer pessoa sexualmente ativa está em risco de contrair o HPV.

process of vaccination illustration

Como é possível prevenir o HPV?

A vacinação de jovens raparigas e rapazes contra o HPV pode prevenir a infeção pelo HPV e, consequentemente, as doenças associadas ao HPV em ambos os sexos, incluindo as verrugas genitais e anais, o cancro cervical e outros cancros causados pelo HPV. A vacinação de rotina contra o HPV é realizada normalmente entre os 9 e os 14 anos de idade, de acordo com o programa nacional de vacinação.

A utilização do preservativo não é 100 % eficaz na prevenção da transmissão do vírus. Isto porque, por vezes, o HPV pode também infetar a pele de zonas adjacentes não protegidas pelo preservativo.

Como se trata o HPV?

Não existe um tratamento para o vírus propriamente dito, mas os problemas de saúde causados pelo HPV podem ser tratados de várias formas. As verrugas genitais podem ser tratadas com medicação ou cirurgia. Deve consultar-se o prestador de cuidados de saúde quanto a opções de tratamento específico.

O cancro cervical e o tecido do colo do útero descrito como «pré-canceroso» podem ser precocemente identificados através do rastreio do cancro cervical e tratados. Este rastreio é proposto às mulheres no âmbito de recomendações nacionais. Outros tipos de cancros associados ao HPV são também mais tratáveis quando diagnosticados e tratados precocemente, mas não existem programas de rastreio específicos para esses casos.

Para obter mais informações, consulte o sítio Web do ECDC: https://www.ecdc.europa.eu/en/human-papillomavirus/factsheet

--------------------------------------------------------------------

Referência:

(1) GLOBOCAN - Centro Internacional de Investigação do Cancro – CIIC: https://gco.iarc.fr/today/home

Nota: As informações contidas nesta ficha informativa destinam-se a informação geral e não dispensam a consulta de um profissional de saúde.

Mais fichas informativas

Gripe

A gripe é uma doença respiratória contagiosa causada pela infeção por um vírus da gripe. Na Europa, a gripe ocorre...

Rubéola

A rubéola é uma infeção viral. Em indivíduos saudáveis, normalmente, é uma doença leve.

Sarampo

O sarampo é uma doença viral altamente contagiosa que pode ser contraída em qualquer idade e que se pode propagar em grande..