Quando evitar a vacinação

Pregnant woman
© iStock

Uma vacina pode ser contraindicada para certas pessoas, o que significa que não devem recebê-la. Quaisquer contraindicações devem sempre ser discutidas com o seu prestador de cuidados de saúde antes de receber uma vacina.

Uma vacina é contraindicada quando alguém é alérgico a qualquer das substâncias ativas ou dos componentes da vacina, indicados na informação do medicamento.

Um historial de anafilaxia ou outra reação alérgica grave após receber uma vacina constitui uma contraindicação para receber mais doses da vacina. A anafilaxia é uma reação alérgica rara, instantânea e extrema que pode causar choque, inchaço e dificuldades respiratórias. Geralmente, ocorre alguns minutos após a exposição à causa da alergia. Quando uma pessoa sofre um episódio anafilático ou outra reação alérgica grave após receber uma determinada vacina, não deve voltar a receber essa vacina, a menos que se tenha excluído a hipótese de ser essa a causa da reação.

Certos distúrbios do sistema imunitário (por exemplo, imunodeficiência congénita) ou tratamentos médicos (por exemplo, quimioterapia, transplante da medula óssea ou de outro órgão, ou doses elevadas de esteroides) constituem contraindicações para algumas vacinas, nomeadamente as vacinas contra o sarampo, a papeira, a rubéola, a varicela ou a vacina oral para a tifoide.

Em alguns casos, recomenda-se a realização das imunizações necessárias antes do início do tratamento, uma vez que, durante o tratamento, o doente pode estar exposto a uma maior risco de infeção. Os doentes imunocomprometidos também podem beneficiar da devida vacinação das pessoas que os rodeiam (tais como familiares e prestadores de cuidados), uma vez que assim ficam também indiretamente protegidos.

Algumas vacinas são contraindicadas durante a gravidez, tais como a vacina contra o sarampo, a papeira e a rubéola. Devem envidar-se todos os esforços para garantir que as mulheres recebem todas as vacinas recomendadas antes de atingirem a idade fértil. As mulheres em idade fértil devem falar com o prestador de cuidados de saúde para saberem quais a vacinas recomendadas antes, durante e após a gravidez.

Podem também existir outras contraindicações para vacinas específicas, que devem ser discutidas com o prestador de cuidados de saúde.

Programas de vacinação na UE/EEE

Cada país da UE/EEE é responsável pela sua própria política nacional de saúde pública, incluindo...

Vacinação obrigatória ou recomendada

Cada país da UE/EEE aplica o seu próprio programa de imunização.

Atualização de vacinas e reforços

Algumas pessoas podem ter falhado uma vacinação ou não terem recebido o número recomendado de doses.

Page last updated 13 Mar 2020