Componentes das vacinas

Vaccine components

Além de um ou mais antigénios, existem outros componentes numa vacina. Entre eles, incluem-se:

  • adjuvantes: melhoram a resposta imunológica à vacina, reforçando-a e tornando-a mais rápida e mais estável ao longo do tempo. Um exemplo é o alumínio;
  • excipientes: são os componentes inativos, como água ou cloreto de sódio (sal), bem como os conservantes ou estabilizadores que ajudam a vacina a permanecer inalterada durante a armazenagem, mantendo-a ativa.

Estas substâncias são controladas de forma consistente a fim de assegurar que estão presentes em níveis que demonstraram ser seguros. As entidades reguladoras verificam que os benefícios destas substâncias são ponderados relativamente ao risco de quaisquer reações às mesmas.

Podem ainda existir quantidades vestigiais de outras substâncias utilizadas no processo de fabrico, como a ovalbumina (proteína encontrada nos ovos) ou a neomicina (antibiótico).

Sempre que estas substâncias estão presentes em níveis suscetíveis de desencadear uma reação em indivíduos sensíveis ou alérgicos, a sua presença é declarada na informação sobre a vacina fornecida aos profissionais de saúde e aos doentes. Por exemplo, o folheto informativo indicará se existem precauções especiais de utilização da vacina em pessoas com determinadas alergias, como por exemplo vacinas contendo vestígios de ovo em pessoas com alergia aos ovos.

 

Page last updated 13 Mar 2020